Percy Jackson RPG
Bem-vindo, caro meio-sangue. Cadastre-se e viva esta nova vida de semideuses, onde você encontrará muitos desafios, terá amigos e obviamente inimigos. Enfim, divirta-se!

Poderes e Habilidades dos filhos de Quione

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Poderes e Habilidades dos filhos de Quione

Mensagem por Ártemis em Sab Abr 05, 2014 11:54 am

PRESENTES DE RECLAMAÇÃO - ESCOLHA DOIS

• Luvas Glaciais: Um par de luvas "half finger" que sempre vão reaparecer nas mãos de seus donos se perdidas, não esquentam caso não seja necessário e nem são pesadas demais. Elas são da aparência que o jogador desejar e podem ser alteradas sempre que desejado. Elas pareceria comum caso não tivesse poderes ocultos.

Poderes da luva:

01-05: A arma é pode congelar superfícies, principalmente água, quando a mesma entra em contato com elas. Caso a superfície tenha calor próprio, como a pele de um ser vivo, esse pode ser esfriada com constante contato, além disso a luva pode disparar um pouco de neve. A partir das luvas é possível criar pequenos objetos afiados, kunais e shurikens.
06-10: Nesse ponto o jogador pode moldar coisas pequenas, como espinhos pequenos ou até mesmo adagas de gelo, o material se torna muito resistente (Como metal genuíno) e só pode ser derretido por calor não natural(Como fogo grego ou fogo de uma hidra por exemplo, isso engloba todo tipo de calor relacionado ao mundo não natural), claro que demora um tempo para que o jogador molde tal coisa. Consegue ate mesmo criar algumas barreiras de gelo, as mesmas não muito resistentes.
11-15: Agora você pode criar coisas maiores com as luvas, vai de espadas pequenas de duas mãos até bastões, os atributos não mudam e a as armas podem variar bastante, lembrando que as luvas funcionam como armas de criação, o gelo não tem nenhuma citação especial se não ás descritas anteriormente. Agora você pode lançar neve com bastante força e com grande quantidade, capas de soterrar um pouco e até derrubar o jogador no chão. A parede de gelo suporta ataques o bastante, mas as propriedades são as mesmas que de todo gelo criado a partir das luvas.
16-20: Você consegue criar lanças e espadas de gelos grandes o suficiente, todo tipo de arma com porte grande pode ser criado a partir dai.
21-25: Ao socar o chão com as luvas espinhos afiados de gelo crescem em um raio de três metros de circunferência, além disso você pode congelar coisas com eficacia impressionante.

• Escudo Cristalizado: É feito de um material indestrutível absorve todo tipo de dano, mas pode ser destruído por todo tipo de fogo. Apesar de todas suas propriedades parece ser feito de cristal. Quando destruído aparece depois de vinte e quatro horas em forma de pulseira, a forma portátil da arma, dentro do bolso do jogador. O jogador pode customizar todo o escudo, principalmente as características da físicas pulseira.

• Frio cortante: Um apelido que diz muito sobre a arma, uma tira de couro prende a arma no pulso enquanto a outra se encaixa perfeitamente na mão com orifícios para os dedos, sobre o metal aparecem longas e grandes garras de ferro, capazes de cortar todo tipo de metal, e uma placa de metal é ligada a arma para prevenir roubou ou tentativa de inutilização da arma. Quando não está sendo utilizada fica na forma forma de uma pulseira de couro, mas uma vez que quebrada ou perdida não pode ser recuperada.

• Armadura Imperial: É feito de um material indestrutível absorve todo tipo de dano, mas pode ser destruído por todo tipo de fogo. Apesar de todas suas propriedades parece ser feito de cristal. Quando destruído aparece depois de vinte e quatro horas em forma de colar, a forma portátil da arma, dentro do bolso do jogador. O jogador pode customizar todo a armadura, principalmente as características físicas do colar. É um traje completo que se encaixa com as garras, pode não parecer mas é muito leve, faz parecer que o jogador esta vestindo roupas extra, mas como toda armadura não é muito flexível.
PODERES PASSIVOS

NÍVEL 1


— Perícia com lâminas I — A prole de Quione obtém um fácil manuseio com lâminas neste nível, principalmente adagas; geralmente por mais ser mais gracioso(a) assim como sua mãe, e obter tal gingado ajuda a duplicar os reflexos não só para sobrevivência, mas também para com o uso da lâmina.

— Destreza glacial — Locomoção na neve é muito menos pesado e perceptível do que em superfície solida. O usuário possui tal destreza que seus movimentos são pouco identificáveis no meio do silêncio, tanto no ambiente frio quanto no de temperatura normal, emitindo o mesmo som de um floco de neve tocando a relva.

— Energia fria I — Os filhos de Quione possuem mais energia em locais frescos ou mesmos frios, e usufruem de uma maior resistência física do corpo em contato com o ar gélido.

- Estalactite – As proles de Quione tem a habilidade de criar estalactites afiados de gelo possuindo pequeno porte, capazes de ganhar grande velocidade quando atirados no adversário. Causam cortes superficiais, quando lançados em grande quantidade podem causar danos maiores. [Inicialmente são três estalactites, aumenta mais duas a cada três níveis. Uma vez a cada três rodadas]

- Hálito congelante – O hálito carrega o frio do qual os mesmos contêm, com está habilidade podem ferir o adversário com seu sopro, lançando-o diretamente para seu adversário.


NÍVEL 2


— Temperatura corporal I — Geralmente, os seres humanos ou semideuses que não são proles de Quione possuem uma temperatura média do corpo que não é inferior ou superior a 36º C para sobreviver, nem a mais e nem a menos num estado saudável. Já os filhos de Quione conseguem manipular a própria temperatura do corpo ao seu favor, sendo resistentes ao frio e se mantêm um pouco mais perante o calor, porém não eu tão boas escalas quanto no local que lhes é mais confortável, ou seja, ambientes glaciais. Não tão poderoso neste nível, porém eficaz para certas ocasiões.

- Snowball – Mesmo se não houver qualquer sinal de temperatura baixa, os filhos de Quione tem a habilidade de projetar pequenas bolas de neve de suas mãos, servem como distração ao adversário. [Inicialmente são quatro, aumenta mais uma a cada dois níveis. Uma vez a cada três rodadas]

— Descendentes de Bóreas — Quione é uma bóreade, ou seja, assim como a própria, seus filhos tem certa noção da direção dos ventos, podendo usar este conhecimento ao seu favor do modo que ele achar melhor.

NÍVEL 3


— Cura da Neve I — Em contato com a neve natural, ou seja, não produzida por eles próprios; os filhos de Quione podem recuperar entre 5% e 10% de energia, dependendo do tempo em que ele está em contato com o gelo.

— Aura Ártica I — A aura dos filhos de Quione pode “congelar” os movimentos do inimigo por um curto período de tempo, todavia pode ser muito útil, principalmente para um semideus, já que cada segundo ganho pode salvar-lhe a vida. O tempo será determinado pelo narrador, contanto que ele tenha noção do nível do usuário que usufrui de tal poder.


NÍVEL 4


— Olhar glacial I — Geralmente, portadores de olhos claros, as proles de Quione possuem olhos tão intensamente azuis que podem ser confundidos com o próprio vítreo do gelo, como se suas órbitas fossem cobertos por uma camada indestrutível e invisível deste, o que pode dar aos portadores do poder uma resistência a mais perante tentações visuais; tais como o charme de filhos de Afrodite, por exemplo. Porém, neste nível, a resistência não persiste tanto tempo se o mesmo ficar exposto por tanto tempo a tal visão; não sendo tão dependente dos semideuses com este poder. A visão do usuário também é mais aguçada.

— Meteorologia — Os filhos de Quione podem pressentir a aproximação de uma tempestade de nevem chuva de granizo ou qualquer outro fenômeno glacial que possa ocorrer. Também tem uma enorme noção sobre as temperaturas, principalmente se elas caírem.

NÍVEL 5


— Deserto de Neve — Em locais com uma interminável nevasca, os filhos de Quione podem se localizar facilmente, tendo um grande senso de direção em ambientes glaciais desertos e de grande extensão. Lugares como esse, de uma imensidão branca, podem confundir tanto quando um deserto arenoso; capaz de causar certas miragens que afetam a cabeça (consequência das baixas temperaturas que afetam o sistema nervoso do ser humano). As proles da deusa da neve não são afetados pelos males que o frio causa nos demais.

NÍVEL 6


— Locomoção no Frio — Os que não descendem da rainha da neve, geralmente não conseguem se movimentar bem em temperaturas relativamente baixas, sentindo as musculaturas rígidas e locomoção limitada em neve. Ao contrário disso, os filhos de Quione, por se sentirem à vontade em ambientes deste clima, conseguem manter os movimentos tão fluidos e naturais quanto em temperaturas amenas e não são limitados pela neve, e ainda conseguem encontrar o equilíbrio acima do gelo, descobrindo pontos frágeis na superfície congelada dos círculos de gelo (fenômeno glacial).

NÍVEL 7


— Frieza — Os filhos de Quione obtém um controle mediano perante questões que envolvem o emocional, não perdendo o foco das prioridades em situações que necessitam ser calculistas ou mesmo completamente frios. Eles conseguem camuflar as emoções caso as sintam e não consigam controlar.

— Criaturas glaciais (Inicial) — A lista de animais que usufruem de lugares frios como habitat não é curta, e os filhos de Quione tem uma conexão limitada com estes no presente nível, apenas podendo entender os mesmos, porém nada de comandos ou ordens, nem um grande sucesso em tentativas de diálogo com bichos de porte muito exagerado. Poderia comandar no máximo um pinguim, por exemplo.

NÍVEL 8


— Aurora Boreal (Polar) I — O fenômeno em seu natural, geralmente é causada pela ionização do oxigênio e do nitrogênio (que em sua forma líquida, é extremamente gélida). Os filhos de Quione podem fazer uso desta, justamente por ser um fenômeno da área glacial. Em combate, as proles da deusa conseguem exalar – psicologicamente – tal conjunto de luzes conforme se movimenta durante uma luta, que podem confundir o adversário, embaçando limitadamente a visão do mesmo, porém com uma duração limitada e determinada pelo narrador; que terá em vista o nível do semideus que possui tal habilidade.

NÍVEL 9


— Perícia com lâminas II — Nesse nível, além dos reflexos mais aprimorados, obtém seus golpes mais precisos, por saberem se portar com lâminas; dificilmente desarmados por serem tão rígidos quanto a estrutura do próprio gelo.

— Glaciação (Física – Inicial) — A pele dos filhos de Quione, neste nível, é duas vezes mais resistente que de uma pessoa normal, como se esta fosse feita de uma camada de gelo; só que é claro, limita-se apenas a resistir ferimentos de pequenas escalas, determinadas pelo narrador. É como uma camada de proteção que envolve o mar numa Era do Gelo, porém numa escala milhões de vezes menor, comparada com esse fenômeno pré-histórico.


NÍVEL 10


— Energia Fria II — Alcançando esse nível, os filhos de Quione já conseguem – além da resistência física – já são mais ágeis e rápidos em ambientes frios. Nada comparado aos filhos de Hermes em um ambiente normal, entrementes alcançam uma velocidade notória.

— Ao Som da Aurora — Mesmo que imperceptível, a aurora boreal possui um som, que é algo similar à ruptura vagarosa de algo sólido. É atordoante se ouvida em altas escalas e os filhos de Quione exalam esse som em gritos de maior altura que eles consigam, quando mais é necessário escapar de alguma coisa, ou de alguém. O som não alcança a frequência suficiente para que os semideuses escutem, porém os monstros conseguem escutar, e isso lhes deixa por um período de torpor causado pela angústia do som; tirando-os de combate pelo tempo que durar o grito.

— Caçadores da Neve — Filhos de Quione são grandes arqueiros, com uma margem de erro bem menor que os outros campistas, exceto os filhos de Apolo e Caçadoras de Ártemis, claro. Porém, conforme a elevação dos níveis ocorre, o poder pode ser também aperfeiçoado.


NÍVEL 12


— Temperatura corporal II — Neste nível, temperatura corporal dos filhos de Quione já está mais avançada e mais eficaz, até mesmo em ambientes de calor mais elevado.

— Snowboard — O próprio nome já diz os filhos de Quione, obtém grande habilidade em snowboard e outros esportes, ou grande controle em transportes na neve. (Eu sei que o poder é muito idiota, mas nunca se sabe, né amores? Vai que neva!)


NÍVEL 15


— Cura da Neve II — Em contato com a neve natural, ou seja, não produzida por eles próprios; os filhos de Quione podem recuperar entre 15% e 20% de energia, dependendo do tempo em que ele está em contato com o gelo.

— Alpinista— Os melhores escaladores são aqueles que tem fibra e resistência às baixas temperaturas que são impostas como desafios, quanto mais alto eles escalam. A pressão atmosférica se torna menor e o frio é insuportável. Com isso, os filhos de Quione conseguem uma certa vantagem, e conseguem escalar desde árvores ate enormes montanhas num tempo curtíssimo, em comparação com os escaladores comuns.

— Olhar glacial II — Geralmente, portadores de olhos claros, as proles de Quione possuem olhos tão intensamente azuis que podem ser confundidos com o próprio vítreo do gelo, como se suas órbitas fossem cobertos por uma camada indestrutível e invisível deste, o que pode dar aos portadores do poder uma resistência a mais perante tentações visuais. Neste nível, o poder dele está mais aperfeiçoado e tem duração indeterminada.


NÍVEL 17


— Aura Ártica II — Por um médio período de tempo, a aura dos filhos de Quione pode “congelar” os movimentos do inimigo, assim, ganhando tempo para o usuário, quem além de mais chance de desvio e ataques, também possui mais oportunidades para ataques consecutivos.

NÍVEL 19


— Glaciação (Mental – Inicial) — Funciona como a física, porém com o cérebro, privando um oponente de usar contra você algum tipo de controle mental, leitura de mentes ou algo do gênero, desviando o ataque ou tentativa de controle para outro alvo. Porém cuidado, se pego desatento, o ataque pode novamente voltar para você, sem chance de uso de proteção.

— Beleza de gelo — Nesse nível, com uma experiência já elevada, os filhos de Quione possuem as feições delicadas e belas como imagens esculpidas no gelo, tornando seus traços tão belamente impecáveis como os dos filhos de Afrodite, não com um poder de charme tão grande, mas persuasivo sem fazer força para isso. A graça sai fluída e com naturalidade, sem nada muito calculado.

— Criaturas glaciais (Médio) — Neste nível, já é mais fácil uma comunicação com os animais glaciais. Podes obter sucesso com animais de portes maiores, mas ainda não é tão fácil dar ordens aos animais; mas podem ser pedido até favores, caso o faça com jeitinho para com as criaturas.

NÍVEL 22


— Aurora Boreal (Polar) II — Em combate, as proles da deusa conseguem exalar – psicologicamente – tal conjunto de luzes coloridas e aleatórias da aurora conforme se movimenta durante uma luta, que podem confundir o adversário. Neste nível, as luzes boreais piscam com mais intensidade entre intervalo e outro, através das pálpebras dos adversários; que contribui para que o oponente erre entre um e outro golpe que desfere no usuário que faz uso do dom. Tempo determinado pelo narrador.

— Temperatura corporal III — Neste nível, temperatura corporal dos filhos de Quione é tão bem exercida que ele também possui capacidade de incluir os seus colegas nesse controle termal do corpo só por estar por perto. O efeito desse poder se limita pelo número de pessoas que estão juntos do filho de Quione. Quanto menos gente, mais eficaz funciona esse compartilhamento.

NÍVEL 26


— Perícia com Lâminas III — Neste nível, a manipulação dos filhos de Quione com os exímios de adagas é perfeito, com poucas chances de margem de erro, porém o dano ainda pode ser considerado alto ou baixo. Isso dependerá do narrador, caso usada num combate de verdade, ou missão.

— Energia Fria III — Além da agilidade e resistência, a força das proles de Quione quase alcança o triplo de seu normal, enquanto a pele do semideus estiver em contato com o frio, nada o faz recuar e nem sua força diminuir.

— Coração Gelado — A presença dos filhos de Quione consegue congelar todos os sentimentos do oponente, sendo ele bom ou ruim; e faz o mesmo sentir um enorme oco no lugar do peito, fazendo-o esquecer do porquê de estar em meio do combate, ou até mesmo apaga a razão de existência do adversário. Dependendo, quanto mais fraco for à oposição, mais efeito terá. Essa confusão chega a atordoar e leva o rival à loucura, e até mesmo dele machucar a si próprio. Funciona apenas com inimigos e por um período de tempo determinado pelo narrador. Não funciona com os ceifadores de Tânatos, afinal; eles não tem sentimentos.

NÍVEL 30


— Cura da Neve III — Em contato com a neve não produzida por eles próprios; os filhos de Quione podem recuperar entre 21% e 40% de energia, dependendo do tempo em que ele está em contato com o gelo.

— Alma Polar — Extremamente mais avançado que o dom da Frieza, a alma do filho de Quione se congela e se fecha por completo, podendo detectar a mentira daqueles que abusam da misericórdia alheia. Em batalha, ele não possui medo de matar caso seja necessário, e a frieza é na medida certa, capaz de fazer a prole da rainha das neves enxergar as coisas com total razão e de modo demasiadamente calculista. Isso impede o semideus de bancar-se impulsivo nas horas erradas. O nervosismo nunca o afeta. A alma esta completamente congelada nas horas mais necessárias.

NÍVEL 34


— Glaciação (Física – Avançada) — A pele dos filhos de Quione, neste nível, é quatro vezes mais resistente que de uma pessoa normal, como se esta fosse feita de uma camada de gelo. É como uma camada de proteção que envolve o mar numa Era do Gelo, porém numa escala milhões de vezes menor, comparada com esse fenômeno pré-histórico. A maior novidade neste nível é o fato de que os tecidos também estão sobre efeito do dom. Mas cuidado, isso não quer dizer que você está blindado e indestrutível, você não tomou um banho no Estige. Seus músculos e órgãos internos ainda podem ser danificados, e a resistência deste dom será determinado pelo narrador, se ele for sensato.

— Aura Ártica III — Por um longo período de tempo, a aura dos filhos de Quione pode “congelar” os movimentos do inimigo, assim, ganhando tempo para o usuário, quem além de mais chance de desvio e ataques, também possui mais oportunidades para ataques consecutivos. Duração de três rodadas, usada apenas uma vez por missão. Sem gasto de MP, por ser passivo; mas é bom informar quando usado.

NÍVEL 38


— Olhar glacial III — Geralmente, portadores de olhos claros, as proles de Quione possuem olhos tão intensamente azuis que podem ser confundidos com o próprio vítreo do gelo, como se suas órbitas fossem cobertos por uma camada indestrutível e invisível deste, o que pode dar aos portadores do poder uma resistência a mais perante tentações visuais; tais como o charme de filhos de Afrodite, por exemplo. Neste nível, além do poder estar com chances de falhas nulas e ser de tempo indeterminado, a reflexão do charme ou controle mental que alimentam a visão da vítima; o próprio ataque ofensivo pode se voltar contra a oposição que tentar aplica-la no usuário. Exemplificando; o filho de Afrodite que tentar usar o charme contra o filho de Quione, imediatamente se esquecerá do que estava fazendo e passará a se apreciar. (Ou seja: SEU RECALQUE BATE NO BRILHO DE MEUS OLHOS E VOLTA, RSRSRS)

— Criaturas glaciais (Avançado) — Nesse estágio de avanço dos seus poderes há uma comunicação fluente com os animais glaciais. Podes obter sucesso com animais de portes maiores, e já podes comandar animais como raposas-das-neves e similares ao porte, glaciais.

NÍVEL 42


— Aurora Boreal (Polar) III — Em combate, as proles da deusa conseguem exalar – psicologicamente – tal conjunto de luzes coloridas e aleatórias da aurora conforme se movimenta durante uma luta, que podem confundir o adversário. Neste nível, as luzes boreais piscam com mais intensidade entre intervalo e outro, através das pálpebras dos adversários; tomando totalmente conta da visão do oponente. Tempo determinado pelo narrador.

NÍVEL 45


— Glaciação (Mental – Avançada) — Funciona como a física, porém com o cérebro, privando um oponente de usar contra você algum tipo de controle mental, leitura de mentes ou algo do gênero; anulando completamente a capacidade de usar o poder de controle da mente contra você, e se usado com uma boa descrição e concentração, pode se usar essa capacidade para cobrir a mente de um amigo também, porém não com tanta eficácia com que funciona com os filhos de Quione.

NÍVEL 50


— Senhor dos Animais do Gelo — Neste estágio, até os animais de grande porte e de enorme ferocidade se curvam as vontades do filho de Quione. Neste, quaisquer tipo de animal de habitat gélido segue aos seus comandos, se eles estiverem num perímetro de 50 metros de você. Pode lutar ao seu lado, mas sem sair do local onde você o encontrou.

PODERES ATIVOS


NÍVEL 1


— Conservação Abaixo de Zero — Com o uso das mãos, os filhos de Quione conseguem criar uma fina e esférica camada de neve em volta de algum organismo vivo, e essa camada de neve se mantém firme e duradoura, se exposta a certas pressões; e ao invés de manter a parte de dentro fria como seu exterior aparenta, mantém o organismo em uma temperatura adequada para que ele permaneça vivo ali dentro. Pode ser feita em pequenas e largas escalas, entretanto um trabalho maior exige mais tempo, é óbvio. Porém este permanece com a mesma eficácia em qualquer situação.

— Criocinese I — O usuário já obtém controle sobre o gelo existente em pequenas escalas, e consegue criar uma camada considerável de gelo, que pode tanto envolver coisas imóveis quanto imobilizar seres viventes, porém este é muito frágil perante temperaturas altas e é fácil de romper por fora. É claro que, para o congelamento de algo, é necessário o tato do filho de Quione com que ele queira congelar.

— Neblina — O usuário tem a capacidade de criar uma camada de neblina que pode cobrir o ambiente por inteiro, a densidade ficando a critério do filho de Quione. As proles da rainha da neve conseguem enxergar perfeitamente através dela. É perfeita para limitar a visão da oposição, ou mesmo se esconder e se esgueirar através dela. A neblina não produzida pelo filho de Quione também pode ser facilmente manipulada pelo mesmo, ou seja, se ele quiser abrir uma trilha visível por esta camada nebulosa, ele consegue. A produção de neblina pode consumir entre 6% à 9% de energia. A manipulação gasta entre 2% e 5%. Depende da densidade da mesma, nos dois casos.

NÍVEL 2


— Ventania I — Por ser regente dos ventos no norte, Quione possui parcialmente alguma influência em relação aos ventos mais gélidos. No presente nível, é capaz de manipular ares numa escala pequena que pode ser feita para usos de vontade do usuário. Entretanto por não ser exatamente a área dos filhos de Quione, a manipulação exige um pouco mais do esforço dos mesmos se não associado à neve. Custo de 10% de energia.

— Resfriamento de Ambiente — Como o próprio nome já diz, as proles de Quione tem a capacidade de resfriar um recinto à temperatura que eles desejarem. O frio pode incomodar os demais, e o usuário que fizer uso deste poder pode usar isso a seu favor. Só não causa dano em altas escalas, pois os filhos de Quione já possuem capacidade de fazer isso sem o uso do resfriamento inteiro do ambiente.

NÍVEL 3


— Nitrogênio I — O nitrogênio líquido é capaz de congelar qualquer coisa com que entre em contato com ele. Em combinação com os filhos de Quione, o gás nitrogênio é muito mais potente. O alcance é curto, mas ao exalar tal; caso o oponente absorva o gás nitrogenado combinado com o hálito da prole da deusa da neve, este sobe para a cabeça, e o adversário entre em conflito cerebral por alguns segundos; o que dá vantagem ao usuário para um ataque. 5% de energia são descontados, por uso. Duração de meia rodada.

NÍVEL 4


— Espinhos de gelo — Os filhos de Quione conseguem atirar espinhos de gelo de tamanhos consideráveis o suficiente para causar algum dano, numa velocidade similar a de uma flecha bem atirada. A prole deve ter obter pelo menos 6 pontos no atributo de “mira” para que consiga acertar seu alvo com ao menos cinquenta por cento de sucesso, então o dano será determinado pelo narrador, ainda dependendo do atributo que o filho de Quione obtiver.

— Absorção de Temperatura — Dependendo de onde estejam e o que cause uma queda de temperatura no corpo alheio, através do tato, os filhos de Quione conseguem “absorver” o frio do ser vivente que tocar, e recuperar até 10% de energia. Com as circunstância, se o local estiver muito frio, também pode ajudar os movimentos de um amigo, pois o frio muito limita a locomoção de um ser vivente. Porém cuidado, absorver frio demais e esquentar o corpo alheio muito rápido pode causar pequenos choques térmicos capazes machucar, retirando até 5% de energia alheia – o que pode ser um problema, caso não seja essa sua intenção. Mas se for intencional, que bom pra você *-* q

NÍVEL 5


— Manipulação subtérmica (Inicial) — O filho de Quione é capaz de congelar a umidade do ar que lhe estiver disponível e manipular o gelo como lhe for melhor, só que neste nível, isso funciona em escalas pequenas e médias. Consome 20% de energia.

NÍVEL 6


— Sub-Zero I — As mãos e pés do filho de Quione se tornam completamente de gelo, com a consistência extremamente tenaz e muito mais resistente à altas temperaturas do que o normal. Ótimo para ataques de combate desarmado, e ao invés de se tornarem imóveis, o que se transformou em gelo retém a mesma mobilidade da sua forma de carne e osso. Consome 15% de energia.

NÍVEL 7


— Convocação de Animais Glaciais — Você pode convocar qualquer animal glacial para lutar ao seu lado, independentemente do porte, durante quatro rodadas (cinco, se você estiver em território gelado – depois disso ele voltará para o local de onde você o convocou). Porém ele só irá lutar ao seu favor, ele não irá aceitar as suas ordens e nem ao menos se comunicar com você, quaisquer tentativa será ignorada. As ações do mesmo serão determinadas pelo narrador e não por você. Consome entre 5% e 17% de energia, dependendo do tamanho do animal convocado; quantidade por criatura chamada.

— Rajada Sub Termal I — Rajadas de vento gélido de curto alcance serão lançadas a distância a partir da prole de Quione. Em contato com a rajada, as partes do corpo atingido ficarão paralisadas e, dependendo dos metros em que o alvo está das proles, podem ser lançados a certa distância, capaz de fazer o atingido recuar. Consumo de 13% de energia, por uso.

NÍVEL 8


— Choque Térmico I — Choques térmicos são causados pelo aquecimento muito rápido de um corpo que fora resfriado. Através do tato, proles de Quione conseguem produzir este choque térmico contra o corpo alheio. Nada muito significativo, mas ajuda. Danos determinados pelo narrador.

— Criocinese II — O usuário já obtém controle sobre o gelo existente em média escala, e consegue criar uma camada de gelo, que pode tanto envolver coisas imóveis quanto imobilizar seres viventes. Neste nível este é um pouco mais resistente perante temperaturas altas e, mais difícil de romper pelo seu exterior. Necessário tato do filho de Quione.

NÍVEL 9


— Metamorfose I — As crias de Quione conseguem assumir algumas características animalescas de predadores das neves que podem ser necessários, tanto em combate quanto para orientação e afins. Coisas de pouca consideração, como os sentidos dos animais mais aprimorados: olfato, visão, audição etc. Exige um pouco de esforço, e isso consome 20% de energia por uso.

NÍVEL 10


— Escudo de Gelo — O filho de Quione consegue criar – gradativamente – uma barreira de gelo de qualquer tamanho que queira, com até um metro de espessura, que pode servir tanto como proteção, como para atrasar ou bloquear o caminho de um inimigo, ou até mesmo para se esconder em certas circunstâncias. O usuário total controle dela, e pode fazer a mesma desaparecer com a mesma facilidade que a fez surgir. Consome entre 25% e 30% de energia por uso.

— Nitrogênio II — O nitrogênio líquido é capaz de congelar qualquer coisa com que entre em contato com ele. Em combinação com os filhos de Quione, o gás nitrogênio é muito mais potente. O alcance é um pouco maior neste nível, ao exalar tal; caso o oponente absorva o gás nitrogenado combinado com o hálito da prole da deusa da neve, este sobe para a cabeça, e o adversário entre em conflito cerebral por um tempo; o que dá vantagem ao usuário para ataques consecutivos. 20% de energia são descontados, por uso. Duração de duas rodadas.

— Ventania II — Por ser regente dos ventos no norte, Quione possui parcialmente alguma influência em relação aos ventos mais gélidos. No presente nível, é capaz de manipular ares numa escala maior que pode ser feita para usos de vontade do usuário. É capaz de deter o percurso de alguém ou alguma criatura se agir contra o movimento da oposição. Entretanto por não ser exatamente a área dos filhos de Quione, a manipulação exige um pouco mais do esforço dos mesmos se não associado à neve. Custo de 22% de energia.


NÍVEL 12


— Guerreiros de Gelo I — O usuário pode fazer dois clones de si mesmo em forma de gelo, que são fortes e resistentes, mas só repetirão seus movimentos e tem duração de duas rodadas. Também não possuem armas. Consome 30% de energia.

NÍVEL 15


— Rajada Sub Termal II — Rajadas de vento gélido de alcance mediano serão lançadas a distância a partir da prole de Quione. Em contato com a rajada, as partes do corpo atingido ficarão paralisadas e, dependendo dos metros em que o alvo está das proles, podem ser lançados a considerável distância, capaz de fazer o atingido recuar e ficar com um pouco de dano e energia. Consumo de 24% de energia, por uso.

— Pulmões — Parte do ar que um ser vivo respira é composto contém, além do oxigênio, uma boa parcela de nitrogênio também. Com esse poder, o filho de Quione tem a capacidade de transformar a capacidade física do nitrogênio, tornando de gasoso para líquido, ou mesmo sólido. Nessas condições de fluido, as vias nasais do oponente são interrompidas e podem causar dificuldade da respiração. Quanto menor a criatura, maior a chance de asfixia. Asfixia não é imediata, pois ainda há outros gases entre as moléculas de nitrogênio, entretanto, se o usuário tiver tempo; pode ser possível um bloqueio total das vias respiratórias. Exige muito esforço, e as chances de falhas dependem muito do narrador, então cuidado com esse poder e pense bem em como ministrá-lo para que haja um bom aproveitamento deste, pois consome ao menos 40% de energia. Uma vez por missão.

— Hipotermia I — Ocorre quando a temperatura corporal de um organismo cai abaixo do normal – que é 35 e 36º C. – de modo não intencional, o que faz com que o metabolismo seja danificado. Nesse nível, a hipotermia é leve, porém causa sim um dano a quem for alvo deste. Através do toque, o filho de Quione pode causar a hipotermia leve no oponente só com o contato da pele; causando sintomas como sensação de frio, letargia, espasmos musculares e confusão mental. A quantidade de dano depende do narrador. Consome 35% de energia por uso.

NÍVEL 17


— Choque Térmico II — Choques térmicos são causados pelo aquecimento muito rápido de um corpo que fora resfriado. Através do tato, proles de Quione conseguem produzir este choque térmico contra o corpo alheio, causando o resfriamento e absorvendo a friagem do corpo logo em seguida. Neste nível, os danos já são mais consideráveis e mesmo após o contato físico com o usuário, o choque ainda persiste por alguns segundos. Danos determinados pelo narrador.

NÍVEL 19


— Queimaduras Subtérmicas (Inicial) — Para os desavisados, o frio pode queimar; sim! Os filhos de Quione tem a capacidade de revestir as próprias mãos com uma massa gelatinosa com temperaturas com até setenta graus abaixo de zero, capazes de causar queimaduras em contato com o corpo alheio. Dependendo do tempo em que a luva sub termal tocar o adversário, pode causar queimaduras até de segundo grau, com as mesmas consequências de queimaduras por fogo. Consome 42% de energia. Duas vezes por missão.

— Metamorfose II — Neste nível, a metamorfose dos filhos de Quione em predadores da neve alcança novos padrões, e estes adquirem características físicas do animal escolhido, porém apenas o suficiente para uma transformação parcial, critério aplicado pelo narrador. Consome 43% de energia. Três vezes por missão.

— Frio Psicológico — Dizem alguns que o frio apresenta-se apenas como uma sensação psicológica, e de fato é, pois enquanto o ser for vivente, o corpo irá lutar para que a sua temperatura continue no seu normal de trinta e seis graus. Com muita concentração, os filhos de Quione tem a capacidade de causar a sensação de extremo frio no oponente. Não acontece de fato, mas só a sensação já se mostra angustiante, causando a impressão de que os membros estão sendo arrancados do corpo, causando dor; e tirando a funcionalidade do membro que é atingido pela sensação por um período determinado de tempo. Não afeta energia e nem a vitalidade da oposição, mas dá vantagem para ataques em batalha. Ou se você quiser torturar alguém, também pode me dar esse desgosto. Saiba bem a hora certa de usar, pois o tempo de duração do efeito deste poder será por critério do NARRADOR, e consome 50% de energia e 10% de vitalidade do usuário. Uma vez por missão.

NÍVEL 22


— Sub-Zero II — Neste nível, além das mãos serem feitas de um gelo resistente, os antebraços e pernas também são tomados por este poder, e a tenacidade do filho de Quione nessa forma se mostra cada vez maior. Consumo de 25% de energia. Máximo três vezes por missão.

— Ventania III — Por ser regente dos ventos no norte, Quione possui parcialmente alguma influência em relação aos ventos mais gélidos. No presente nível, é capaz de manipular ares numa enorme escala que pode ser feita para usos de vontade do usuário. Entretanto por não ser exatamente a área dos filhos de Quione, a manipulação exige um mais do esforço dos mesmos se não associado à neve. Custo de 40% de energia.

NÍVEL 26


— Guerreiros de Gelo II — O usuário pode fazer dois clones de si mesmo em forma de gelo, que são fortes e resistentes, mas só repetirão seus movimentos e tem duração de duas rodadas. Mas nesse nível, eles já possuem suas armas, escolhidas pelo narrador. Consome 50% de energia, uma vez por missão.

— Lâminas de Gelo — O usuário pode usar sua criocinese para produzir armas cristalinas de gelo e moldá-las como fazem os filhos de Hefesto com o ferro em suas forjas. Tão afiadas e letais quanto armas normais, e apenas funcionam nas mãos dos filhos de Quione, não sendo possível usar contra estes. Ao entrar em contato das mãos daquele que não produziu sua arma de gelo, ela se torna água em no mesmo segundo. Consumo entre 45% e 65% de energia por arma, dependendo de seu porte, e só pode ser utilizado uma vez por missão.

— Criocinese III — Desta vez, o controle do gelo e da neve e a criação deles são sem limitações neste nível, simplesmente pelo fato de ter alcançado um desenvolvimento tão longo que a capacidade de criocinese se desenvolveu junto com o usuário.

NÍVEL 30


— Hipotermia II — Neste nível, a hipotermia se mostra mais séria. Os tremores desaparecem, porém o alvo começa a ficar sonolento, prostrado e quase inconsciente. Os músculos começam a ficar rígidos e há alterações na fala e na memória. Ainda é necessário o toque do filho de Quione. Dano visto pelo narrador, de acordo com o nível de poder do filho de Quione, que não é pouco neste nível. Consumo de 60% de energia.

NÍVEL 34


— Rajada Sub Termal III — Rajadas de vento gélido de grande alcance serão lançadas a distância a partir da prole de Quione. Em contato com a rajada, as partes do corpo atingido ficarão paralisadas e, dependendo dos metros em que o alvo está das proles, podem ser lançados a longa distância, causando neste também o dano. Consumo de 40% de energia, por uso.

— Nitrogênio III — O nitrogênio líquido é capaz de congelar qualquer coisa com que entre em contato com ele. Em combinação com os filhos de Quione, o gás nitrogênio é muito mais potente. O alcance é grande neste nível, ao exalar tal; caso o oponente absorva o gás nitrogenado combinado com o hálito da prole da deusa da neve, este sobe para a cabeça, e o adversário entre em conflito cerebral por um tempo; o que dá vantagem ao usuário para ataques consecutivos. Pode causar algo similar à espasmos musculares no inimigo, onde o adversário pode começar a se bater e machucar com as próprias armas. 60% de energia são descontados, por uso. Duração de três rodadas.

NÍVEL 38


— Geada Negra — É um fenômeno climático, onde não se trata exatamente de uma geada, e sim de uma mudança na condição atmosférica devido ao frio. Essa condição faz com que organismos viventes e produtores (plantas) obtenham o seu conteúdo interno – sua seiva – congeladas e toda a parte exterior da mesma fica escura, começa a queimar e apodrecer, até morrer. Os filhos de Quione conseguem esse efeito, exalando esse ar atmosférico extremamente gelado e com um longo alcance. A manifestação desse ar é gasoso e visível, porém discreto e silencioso, com um cheiro doce e enjoativo. Obtém o mesmo efeito que o fenômeno natural, entrementes só funciona com adversários monstros. Não tem efeito em semideuses, mortais ou plantas. Mesmo se usado com sabedoria, a carga deste poder é muito negativa. Para o uso deste poder, o semideus filho de Quione deve saber o significado do verdadeiro sacrifício para um golpe tão letal contra a oposição, já que este consome 90% de energia e 30% de vitalidade.

— Queimaduras Subtérmicas (Avançado) — Os filhos de Quione tem a capacidade de revestir as próprias mãos com uma massa gelatinosa com temperaturas com até cento e vinte graus abaixo de zero, capazes de causar queimaduras em contato com o corpo alheio. Dependendo do tempo em que a luva sub termal tocar o adversário, pode causar queimaduras até de terceiro grau, com as mesmas consequências de queimaduras por fogo, como carne supurada e nervos atingidos. Consome 45% de energia. Duas vezes por missão.

NÍVEL 42


— Choque Térmico III — Choques térmicos são causados pelo aquecimento muito rápido de um corpo que fora resfriado. Através do tato, proles de Quione conseguem produzir este choque térmico contra o corpo alheio, causando o resfriamento e absorvendo a friagem do corpo logo em seguida. Neste nível, os danos já são sérios e mesmo após o contato físico com o usuário, o choque ainda persiste por alguns segundos. Danos determinados pelo narrador.

— Toque Glacial — Tudo que entrar em contato com a pele do filho de Quione, se for de vontade dele, pode transformar o organismo vivo que lhe ameaçar em puro gelo. Funciona apenas com monstros e consome 75% de energia do usuário.

NÍVEL 44


— Manipulação subtérmica (Avançada) — O filho de Quione é capaz de congelar a umidade do ar que lhe estiver disponível e manipular o gelo como lhe for melhor. Nesse nível funciona em escalas muito grandes.

NÍVEL 45


— Hipotermia III — O alvo deste último estágio de ataque hipotérmico do filho de Quione obtém a temperatura do corpo abaixo de 30º C. A pessoa fica imóvel, inconsciente, as pupilas dilatam e a frequência cardíaca diminui perigosamente, se tornando quase imperceptível. A vitalidade do oponente é quase extinta, porém a energia do filho de Quione também quase se esvai por completo. 80% de energia é descontado perante o uso deste poder.

NÍVEL 47


— Guerreiros de Gelo III — O usuário pode fazer dois clones de si mesmo em forma de gelo, que são fortes e resistentes, e irão se espalhar em batalha, executando e lhe dando cobertura para uma batalha de importância maior, com duração de três rodadas. Eles possuem suas armas, escolhidas pelo narrador. Consome 65% de energia, uma vez por missão.

— Avalanche — Usando a sua Manipulação Subtérmica, podes produzir neve o suficiente para convocar uma avalanche onde quer que você esteja. Mas só vai dar certo, é claro, num lugar com pelo menos um pouco de umidade atmosférica. Consome entre 50% de energia em locais úmidos e 80% em locais mais secos

NÍVEL 50


— Sub Zero (Completo) — O corpo inteiro do filho de Quione se torna o gelo resistente, que se suporta pressões absurdas e quando o gelo chega a se danificar, o corpo do filho de Quione volta ao normal quando ele assume sua forma normal. O usuário tem tanta mobilidade na forma de gelo quanto na sua forma de carne e osso. Consome 70% de energia.

— Fúria Abaixo de Zero — Filhos de Quione são muito conhecidos pela sua frieza em situações emocionais fortes. Se o adversário desperta demasiada raiva na prole de Quione, este entra num transe de extrema fúria que consome quase toda a sua energia é depositada nesta; onde seus atributos são quadriplicados e no fim, o adversário não consegue se desvencilhar de seu golpe final. O último toque do filho de Quione entra em contato com a pele do oponente, congelando todas as artérias do mesmo. Os órgãos vitais começam a parar de funcionar, uma leve camada de gelo envolve os mesmos. Na última batida, o coração é o último revestido. Isso no caso dos semideuses. Dos monstros, seja como for que funcione o sistema de cada um deles, acontece da mesma forma.

Créditos a Belle Herz Linsenbröder

••••••••••••

avatar
Ártemis
Olympian God
Olympian God

Mensagens : 345
Data de inscrição : 21/05/2011
Idade : 22
Localização : Pelo mundo.

Ficha Meio-Sangue
Vida Vida:
1000/1000  (1000/1000)
Energia Energia:
1000/1000  (1000/1000)
Nível Nível: 1000

Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum